O São Paulo será beneficiado com a Copa de 2014?

Imagem de como será a futura estação São Paulo-Morumbi da Linha 4

Imagem de como será a futura estação São Paulo-Morumbi da Linha 4

Uma das grandes críticas que é feita ao projeto do Morumbi é o ganho que o São Paulo Futebol Clube terá por receber a Copa do Mundo. Mesmo levando em conta que todo o investimento no estádio será de responsabilidade do clube, ficando para o poder público a parte de infra-estrutura.

O argumento usado é que não seria justo que o São Paulo “ganhe” toda uma infra-estrutura de transporte e mobilidade, já que o ganho será para um ente particular e em uma região de alto poder aquisitivo.

Vale destacar que boa parte das obras que serão feitas até 2014 já estão previstas a dezenas de anos na prefeitura. O metrô da linha 4 irá passar na Eusébio Matoso, com ou sem a Copa do Mundo. O mesmo vai acontecer com diversas outras obras. A única diferença é que elas serão feitas com maior prioridade neste momento.

Outro caso é a obra do edifico garagem enfrente ao estádio. Como já mostrei no blog, o projeto de ampliação da Praça Roberto Gomes Pedrosa existe há 40 anos. Claro que na época não tinham em mente a necessidade de um estacionamento para 4,8 mil carros. Mas, hoje isso se torna necessário. Vale destacar que o São Paulo será “beneficiado” pela existência do estacionamento e não será o dono do local.

Sem dúvidas, o projeto da Linha 17 Ouro, que também falei recentemente, é o que mais trará benefícios diretos ao clube. Para se ter uma idéia, teremos (caso o projeto se torne realidade) uma estação de monotrilho em frente ao estádio, podendo fazer a ligação para a linha 4 Amarela ou para a Aeroporto de Congonhas e a Linha Azul.

E justamente por considerar que não é correto beneficiar um clube, que alguns defendem a construção de um novo estádio. A idéia seria que ele fosse “público”. Mas, todos sabem que apenas um clube da cidade não tem local próprio para mandar seus jogos.  E certamente passaria a administrar o local depois da Copa. Como esse estádio ainda não existe, toda a infra-estrutura de transporte e mobilidade seria levada para o local, que acabaria beneficiando outro ente particular. Claro que dá para argumentar que a população da região de Pirituba é mais humilde que a do Morumbi, mas não vejo isso como argumento. infra-estrutura tem que existir para todos na cidade.

3 Respostas

  1. Excelente blog. Parabéns pela iniciativa!

    Abs,
    Thiago.

  2. Realmente, críticas desse tipo só se mostram como recalque ou jogada política, tudo jogo de interesses…

  3. Todos esqueçem que essas obras beneficiarão nao apenas os abastados moradores do Morumbi. Em seu entorno, temos bairros como vila sonia, monte kemel e cidades como taboao da serra, embu das artes, itapecerica e região, sem falar dos bairros em volta da Raposo Tavares, nunca beneficiados por alguma obra do genero. Muitos moradores dessas regiões trabalham no centro de São Paulo. Porque beneficiar novamente moradores da Z.L que já dispoe de uma linha de metro (vermelha) e uma de trem paralela a mesma? A Zona Oeste da capital sempre foi esquecida.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: