Governo quer reduzir gastos com estádios da Copa do Mundo – G1 – 7/8

orlando-silva

Essa é do GloboEsporte.com do início da tarde desta sexta-feira. Não traz nada de absolutamente novo em relação ao que saiu na Folha e no Estadão. Ela confirma tudo o que já havia dito.

Não tem nem muito o que comentar. A única diferença é que agora o ministro dos Esportes, Orlando Silva, fala claramente que foi solicitado que as sedes reduzam os orçamentos dos estádios.

Agora, vamos ver como serão os novos projeto…

Governo quer reduzir gastos com estádios

da Copa do Mundo

Ministro garante que não haverá dinheiro do orçamento federal nas obras

O ministro do Esporte, Orlando Silva, disse nesta sexta-feira, após se reunir com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, que o governo federal pediu às cidades sedes da Copa do Mundo de 2014 reduzam os custos dos estádios.

Segundo o ministro, os projetos apresentados no início desta semana de todos os estádios, nas 12 sedes, contando a reformar e construção de novas arenas, chega perto de R$ 5 bilhões.

– Houve uma reunião em Brasília, com o governo federal e com o Ministério do Esporte com todas as cidades que vão receber jogos da Copa do Mundo e foram apresentados os projetos detalhados dos estádios para copa de 2014 e nós achamos que há margem para reduzir custos. Fizemos uma recomendação explícita para que elas [as cidades sedes] fizessem revisão dos projetos buscando fazer projetos mais baratos. Somando todos os projetos apresentados era perto de R$ 5 bilhões, só com estádios – revelou.

Silva disse que os estádios devem seguir estritamente as recomendações da Fifa e deixar custos extras de lado.

– Todos saíram com dever de casa de reduzir os custos, cumprindo estritamente o que a Fifa obriga que seja feito. Se a capacidade é para 45 mil pessoas, que faça [o estádio] para 45 mil. Se não precisa de cobertura, porque ter cobertura, já que isso onera muito o orçamento. Então, as cidades que serão sedes da Copa farão redução para baixo dos custos – garantiu o ministro.

Ele disse que não há uma meta geral para redução dos custos com os estádios.

– Isso varia de acordo com o projeto.

O ministro voltou a dizer também que não haverá recursos do Orçamento Geral da Uunião (OGU) para financiar obras de reforma e construção de estádios para a Copa do Mundo. Contudo, ele confirmou que os bancos públicos federais poderão financiar as arenas por empréstimos.

– Não vai ter um centavo do orçamento do governo federal para reformar ou construir estádios de futebol para Copa de 2014. O que existe é a hipótese de financiamento por empresas financeiras públicas. Mas aí é operação bancária, é dinheiro que será emprestado e voltará depois para os cofres públicos – afirmou.

Confira o link para o site

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: